Show do Pintor Profissional - Edição 186

Show do Pintor Profissional - Edição 186

SHOW DO PINTOR • JULHO 18 18 REPINTURA As três opções de pintura de veículos - metalizadas, sólidas e perolizadas - têm peculiaridades que pre- cisam ser consideradas no momento da repintura. Cada uma tem a sua especificidade e, por isso, os desafios são diferentes. Kamila Biondo, analista de informação de cores da área de Performance Coa- tings da AkzoNobel, explica que a cor sólida conta com um sistema mais simples, então, requer que o pintor tenha bastante atenção com a tonalidade e siga as regras básicas do procedimento de pintura. “As pinturas metálica e perolizada, por serem tintas de efeito (alumínio e pérolas), que necessitam de uma aplicação uniforme em todas as demãos, exi- gem que o profissional utilize técnica de difumina- ção, alongamento, para conseguir atingir uma boa qualidade ao final do trabalho”, comenta Kamila. As três tonalidades são usadas em grande escala, tanto na pintura quanto repintura. Com base nas vendas da PPG e não em informações oficiais das montadoras, foi estimado que no Brasil 47% das co- res são sólidas, seguidas das metalizadas, com 41%, e 12% das perolizadas. André Oliva de Palma, geren- te do laboratório de desenvolvimento de cores da BASF para a América do Sul, acredita que nos próxi- mos anos as duas líderes continuem no topo. “As tin- tas metálicas e peroladas representam a maioria das tintas automotivas no Brasil. Prevemos que continu- arão tendo importância similar nos próximos anos.” Jean Lucas Asunção Sombrio, responsável pelo marketing da WEG, discorda, pois acredita que o pe- rolizado vai ganhar destaque. “Está mais comum ver, em carros considerados mais acessíveis - os de en- trada das montadoras -, este tipo de tinta, o que há pouco tempo era restrito somente aos carros de alto padrão. Assim, o mercado é grande, já que a maior parte das vendas se refere a esse tipo de veículo.” Muitos dos perolizados são pintados no proces- so tricoat. As grandes montadoras no país, como a Ford, Fiat e Volkswagem já utilizam alguns dos mo- delos com a técnica e a repintura, obrigatoriamente, tem que ser feita com o mesmo processo para que o resultado final seja perfeito. “O pintor deve estar atento a esse tipo de pintura porque, ao contrário do passado, não são apenas os carros de luxo que são pintados com essa técnica. Hoje, veículos populares TODOS OS ESTILOS CONHEÇA EM DETALHES AS PINTURAS METALIZADAS, SÓLIDAS E PEROLIZADAS, E AVALIE O POTENCIAL DE CADA UMA já estão no mercado com a pintura tricoat e, com isso, o volume de carros com essa técnica tende a crescer a cada dia nas oficinas”, conta Vanessa Rossi, analista de marketing da Skylack. CARACTERÍSTICAS DAS PINTURAS As pinturas sólidas, conhecidas como cores lisas, apresentam partículas de pigmentos de efeito na sua composição. Suas principais características visuais são cores mais simples, que são vistas da mesma maneira, independentemente do ângulo de observação. Já as metálicas carregam em sua formulação partículas de alumínio que normalmente, somadas a outros pigmentos, causam um efeito prateado nas cores imitando o próprio metal. Neste caso as co- res tendem a ter uma pequena mudança de tonalidade quando mudamos o ângulo de observação. “Já as cores perolizadas têm em sua composição alguns pigmentos os quais apelidamos de pérola, que são itens responsáveis por causar nas cores um fenômeno que chamamos de interferência. Nes- te caso, as cores tendem a ter grandes mudanças de tonalidade, quando observadas de diferentes ângulos; as pérolas normalmente são coloridas e utilizadas em pequenas quantidades somadas a outros pigmentos. Muitos carros atualmente recebem uma camada colorida lisa como primeira pin- tura e, por cima desta, uma camada posterior perolizada para compor um efeito mais atraente, é o caso dos brancos perolizados da maioria dos carros do mercado”, conta Ricardo Vettorazzi, gerente técnico do laboratório de repintura da PPG. NOVIDADES Entre 2017 e 2018, a AkzoNobel por meio de suas marcas de repintura automotiva Wanda e Sikkens, criou novas cores para os seus parceiros de negócios. Para o customizador Batistinha Garage foram desenvolvidas 16 cores, lançadas nas duas marcas: Cinza Eleanor, White Racing, Purple Dream I, Quartzo Gray, Cafe Agata, Azul Met. Anil, Turquesa Acqua, Amarelo Aragonita, Amarelo Sunrise, Ver- de Jade, Matte Golden Sampa, Laranja Sunset I, Apple Passion, Apple Metallic Green, Azul Rio Pearl e Verde Exercito Fosco. E para o carro do piloto Lucas Forest da Stock Car foram oito cores exclusivas. São elas: BR12amarelo; VerdeBrasil12; LF12Cinza; Amarelo Taz Foresti; Preto LF; Azul LF12; Outubro- Rosa LF12 e NovembroAzul LF12.

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=