Wana Química

Covestro apresenta soluções para as cidades do futuro

06/08/2019 - 17:08

Conceito de “Sustainnovation” combina propostas de sustentabilidade e inovação para diferentes indústrias

As cidades são especialmente fascinantes - a combinação de oportunidades de emprego, qualidade de vida e infraestrutura moderna é uma tentação para muitas pessoas, que acabam escolhendo viver nas grandes cidades, acelerando assim a urbanização. As grandes regiões metropolitanas atuam como o motor da inovação, mas elas também representam um grande desafio no que diz respeito ao controle sustentável de recursos, do clima e do meio-ambiente.

É pensando nisso que a Covestro traz para a Abrafati 2019 o seu conceito de “Sustainnovation” (união entre sustentabilidade e inovação) convidando os visitantes da feira a conhecerem os recentes desenvolvimentos com matérias-primas para revestimentos e adesivos para diferentes indústrias, chamadas de distritos, em seu estande. “A proposta é promover inovações para desenvolvimentos sustentáveis capazes de desafiar limites em todas as indústrias em que atuamos”, explica Silvio Torres, Head da Unidade de Negócios de Revestimentos, Adesivos e Especialidades para América Latina. “O stand da Covestro estará dividido em quatro distritos onde apresentaremos propostas de soluções para os segmentos de Mobilidade, Infra-estrutura, Living, Esportes e Lazer”.

Teor ultra baixo de monômeros livres 

A linha Desmodur ultra contém menos de 0,1% de monômero de diisocianato livre e atende as diretrizes do atual dossiê restritivo REACH que limita o uso de endurecedores à base de diisocianato. Com sua série ultra, a Covestro fornece endurecedores de poliuretano cujo teor de monômeros está abaixo do novo limite. Assim, a parte laboral é melhor do que com os produtos com porcentagens maiores de monômero livre.

Tecnologia Pasquick com melhor retenção de brilho

Há anos, os revestimentos à base de poliaspartato com a tecnologia Pasquick demonstram ser altamente efetivos em fornecer proteção de longa duração contra corrosão em estruturas de aço e unidades industriais.  Devido à eliminação de uma etapa de revestimento em comparação à composição anterior de múltiplas camadas, usuários poderão economizar tempo e dinheiro, além de terem mais flexibilidade. Além disso, os revestimentos contêm apenas alguns componentes orgânicos voláteis (VOCs) e a operação da unidade pode ser retomada rapidamente.

O novo produto Desmophen NH 1423, um parceiro de reação amino funcional dos poliisocianatos, será apresentado na ABRAFATI. Na formulação dos revestimentos, esse produto garante melhores propriedades de retenção de brilho - por exemplo, em aplicações em superfícies extensas, como arenas esportivas, torres de energia eólica, implementos agrícolas , maquinários da construção civil e repintura automotiva. Para demonstrar o brilho e aspecto, a Covestro fará uso de um para-lamas revestido com a tecnologia Pasquick.

Dispersão acrílica auto-reticulável para revestimentos de madeira 1K e 2K

O Bayhydrol A 2846 XP é uma dispersão acrílica hidroxilada, auto-reticulável que pode ser usada em formulações de 1K, bem como sistemas 2K, brilhante ou fosco, verniz ou pigmentado.  Com tempo de secagem rápido para lixamento e empilhamento, alto brilho e excelente resistências químicas e a riscos, Bayhydrol A 2486 XP é particularmente adequado para revestimento de móveis e madeiras, onde o desempenho e a versatilidade são fundamentais.

Proteção para pisos de concreto, com alto tráfego, alta performance e baixo VOC

A Covestro possui as matérias-primas essenciais para a sua formulação de acabamentos dois componentes base água para pisos e fachadas em  locais como estacionamentos, áreas industriais, hospitalares e farmacêuticas, e que ainda atendam às normativas LEED e AQUA, além de ser de fácil aplicação. Este sistema poliuretânico 2 componentes confere aos  primers  ótima adesão sobre o substrato,  excelente alastramento e fechamento de poros.  Também os acabamentos e vernizes, com suas propriedades de fácil limpeza e excelente resistência química, são propriedades que fazem com que os produtos Bayhydrol A 2646, Bayhydrol A 2546 e Bayhydur XP 2547 sejam o diferencial na sua formulação, e com rápida secagem e robustez na sua aplicação.

Matérias-primas para adesivos

As dispersões de Poliuretano (PUD) se afirmaram como matérias-primas para adesivos base água em aplicações industriais. Devido à sua estrutura de polímero semi-cristalino e seu comportamento de fusão, elas apresentam adesão por contato com temperatura em processos de fabricação industrial eficientes e com alto desempenho de colagem em uma ampla variedade de substratos. Para completar seu portfolio de dispersões com ativação por temperatura, e com seu foco em sustentabilidade, na Abrafati 2019, a Covestro apresenta dois novos produtos com amostras já disponíveis para o mercado: o Dispercoll U 66 e o Dispercoll U 64. O Dispercoll U 66 é uma nova dispersão de poliuretano base água especialmente desenvolvida para colagem de acabamentos no interior de automóveis e laminação 3D de para armários de cozinha e banheiros. Com o Dispercoll U 66 a Covestro esta oferendo um dispersão de poliuretano com durabilidade ainda melhor em condições de clima quentes e úmidos e que apresenta baixa temperatura de ativação.

Já o Dispercoll U 64 é uma dispersão especialmente desenvolvida para colagem de espuma em aplicações de colchões e estofados. O desenvolvimento de adesivos sem componentes orgânicos halogenados é uma clara tendência de mercado, particularmente em mercados específicos, como colchões infantis ou terapêuticos. Para o mercado principal, alguns ecolabels buscam soluções alternativas que se igualem ao excelente desempenho das já amplamente utilizadas dispersões de policloropreno. O Dispercoll U 64 pode ser aplicado como bi-componente no processo de coagulação por pulverização para colagem úmida e tem um desempenho técnico similar ao Dispercoll C 84, sendo uma alternativa aos compostos orgânicos de halogênio.

Na linha de adesivos também será lançada a linha Utra com redução no Teor de monômeros diisocianato residuais. Pensando na conformidade com as precauções de segurança recomendadas pelas fichas de dados de segurança (FISPQs) e os padrões de segurança ocupacional, o conteúdo residual de monômero de alguns produtos foi reduzido para menos de 0,1%.

  Mais notícias