Wana Química

Tintas Killing irá revitalizar estádio Couto Pereira e C.T. do Coritiba

16/12/2019 - 17:12

Empresa está patrocinando o clube e doou os materiais necessários para a repintura do estádio e do centro de treinamento

A Tintas Killing, empresa com mais de meio século de experiência no mercado, está patrocinando o Coritiba Foot Ball Club, do Paraná, e irá revitalizar o estádio Major Antônio Couto Pereira, assim como o Centro de Treinamento Bayard Osna. A parceria foi firmada em setembro e a repintura ainda está em fase inicial. Estima-se que cerca de 20 mil litros, entre tintas, esmaltes, massas e solventes, serão doados para a cobertura dos 60 mil metros quadrados que compõem o estádio. O time paranaense recuperou seu lugar na elite do futebol brasileiro e a reforma da casa contribui para os planos de aumentar a receita ordinária, em 2020.

O diretor de marketing do clube, Rafael Saling, ressalta a parceria entre o Coxa Branca e a Tintas Killing como uma união bem sucedida e necessária. “Uma parceria extremamente importante, dado o volume de tintas que é necessário para realizar essas revitalizações. Como nosso estádio é um estádio pintado, desde sempre, a demanda por produtos é sempre grande para deixá-lo de acordo com a comunicação visual que queremos implantar”, destaca Saling.

Na primeira fase, a revitalização deu cor à arquibancada, mais conhecida como “Curva da Mauá”. Agora, o restante do estádio receberá nova pintura, interna e externa, e o centro de treinamento. Além disso, no processo de transformação do Couto Pereira, as reformas da marquise e da arquibancada social também estão em andamento.

A parceria entre a Killing e os times de futebol já existe há algum tempo. Entre os estádios revitalizados com as tintas da empresa estão: Olímpico, do Grêmio; Beira-Rio, do Internacional; Ressacada, do Avaí; Arena Condá, da Chapecoense; Montanha dos Vinhedos, do Esportivo de Bento Gonçalves.  Agora, o Couto Pereira também fará parte desta lista que demonstra o apoio da empresa ao esporte mais popular do país.

  Mais notícias