Wana Química

Tintas Super Premium: uma nova categoria que impacta positivamente o mercado

27/01/2020 - 17:01

Novidade é parte do processo evolutivo do vitorioso Programa Setorial da Qualidade de Tintas Imobiliárias (PSQ)

Em 25 de setembro do ano passado, tornou-se oficial a categoria Super Premium para as tintas látex. Isso ocorreu a partir da aprovação da versão revisada da norma técnica NBR 11702, que trata da classificação das tintas látex e dos requisitos para cada categoria (Econômica, Standard, Premium e Super Premium). Em sua versão anterior, a norma reconhecia a existência apenas das categorias Econômica, Standard e Premium.

“As determinações dessa norma revisada passam a ser obrigatórias a partir de 26/03/2021, ou seja, 18 meses a partir da aprovação da nova versão da NBR 11702. Porém, as empresas participantes do PSQ podem optar pela avaliação imediata das suas tintas Super Premium de acordo com os requisitos dessa nova categoria. Alguns fabricantes já o fizeram e, por isso os seus Atestados de Qualificação, válidos a partir de 01/01/2020, já incluem produtos classificados como Super Premium”, explica Anne Costa, coordenadora técnica da Abrafati. “Nos dois trimestres posteriores à publicação da norma revisada - ou seja, até 01/04/2020 - as empresas participantes do PSQ que não fizeram essa opção podem manter os dizeres ‘Super Premium’ na embalagem e ter a tinta classificada como Premium. Depois disso, definimos que essas empresas terão de adequar os produtos aos requisitos da nova categoria ou alterar a embalagem. Caso contrário, será considerada não conforme”, complementa.

Benefícios para o consumidor e para o mercado

Com a existência de quatro categorias de tintas à sua disposição, o consumidor tem mais opções de escolha, todas elas com especificações definidas. Com isso, pode avaliar as vantagens de comprar uma tinta de uma determinada categoria, em função do local onde será aplicada, das suas necessidades e dos resultados que espera.

Quando ele escolhe uma tinta Super Premium, leva para casa um produto de qualidade superior, que cumpre requisitos de desempenho mais elevados que os das tintas Premium, Standard e Econômica. Na comparação com as Premium, por exemplo, a cobertura exigida é 33% maior e a resistência é 100% maior.

Somando-se a esses benefícios ao consumidor e ampliando-os, deve ser lembrado que os avanços do PSQ fazem com que os fabricantes se sintam incentivados a investir no aprimoramento de seus produtos e no desenvolvimento de novas soluções. Isso porque o PSQ permite diferenciar as tintas com qualidade daqueles que estão fora da conformidade. Sabendo que seus produtos são mais valorizados e reconhecidos, diferenciando-se das tintas sem a mínima qualidade, os fabricantes lançam com mais frequência produtos com características inovadoras e surpreendentes. Isso estimula o desejo do consumidor de cuidar, embelezar e decorar seu imóvel, que é reforçado por outro investimento feito pelos fabricantes, na promoção e divulgação dos seus produtos. Como resultado, vendem-se mais tintas. “Com isso, todos os elos da cadeia saem ganhando: fornecedores, fabricantes, revendedores e também os pintores. Além, é claro, do consumidor”, explica Anne Costa.

  Mais notícias