Anuncie

AkzoNobel fecha acordo de fornecimento com Grupo BMW

20/03/2020 - 11:03

O Grupo BMW escolheu a AkzoNobel como fornecedor confiável de produtos e serviços de repintura, para uma grande parte de sua rede de distribuição no mundo inteiro, incluindo o Brasil.

Cobrindo 44 países, o acordo significa que as marcas premium da empresa, Sikkens e Lesonal, agora são aprovadas para reparos de pintura dos veículos de passageiros BMW e Mini em concessionárias, reparadores, importadores autorizados e filiais nacionais do Grupo BMW.

”Estamos felizes por trabalhar com o Grupo BMW, uma das marcas automotivas premium do mundo”, disse Patrick Bourguignon, diretor executivo do segmento Automotivo e Revestimentos Especiais da AkzoNobel. “Acreditamos que Sikkens e Lesonal são a combinação perfeita para melhorar ainda mais a oferta e a eficiência da assistência ao cliente da rede BMW”.

O acordo foi confirmado depois de uma ampla análise da oferta de produtos e serviços da Sikkens e Lesonal. Jörg Anders, diretor Key Account Global do segmento Automotivo e Repintura Automotiva da AkzoNobel, comentou: “Em 44 países, as oficinas de pintura se beneficiarão dos sistemas de retoque de veículos líderes do setor, que apresentam nossos produtos inovadores e sustentáveis, e nossas ferramentas digitais de cores líderes do mercado. Estamos felizes em poder levar nossas marcas premium e nossos serviços comerciais a um novo público”.

Além de oferecer revestimentos de desempenho e de alta qualidade comprovados, a AkzoNobel lidera o desenvolvimento de ferramentas digitais de cores inovadoras.

Com o MixitTM, a AkzoNobel oferece um aplicativo de busca de cores baseado em nuvem que dá acesso instantâneo a mais de dois milhões de fórmulas. Combinado com o espectrofotômetro manual compacto Automatchic, qualquer trabalho de pintura pode ser feito mais rápido, com maior precisão e menos desperdício de produtos e tempo. Acima de tudo, os clientes podem se beneficiar com uma oferta de serviços premium para aumentar o desempenho comercial de suas organizações.

Os países cobertos pelo acordo são Albânia, Argentina, Austrália, Bielorrússia, Bósnia, Brasil, Bulgária, Croácia, Chipre, Dinamarca, Egito, Estônia, Finlândia, Grécia, Hong Kong, Índia, Indonésia, Israel, Iraque, Itália, Jordânia, Kuwait, Cazaquistão, Letônia, Lituânia, Macedônia, Malásia, Marrocos, México, Moldávia, Noruega, Omã, Filipinas, Arábia Saudita, Cingapura, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Ucrânia, Vietnã e Iêmen.

  Mais notícias