Retorna Machines coletaram mais de meia tonelada de latas de aço no 1º semestre de 2020

08/09/2020 - 20:09

O projeto Retorna Machine recolheu aproximadamente meia tonelada de embalagens de aço pós-consumo no primeiro semestre de 2020. Comparando com o mesmo período de 2019, houve um crescimento de 57% na coleta de embalagens de aço. A iniciativa é uma parceria da empresa Triciclo Soluções Sustentáveis com a Prolata, associação sem fins lucrativos criada, em 2012, pela cadeia de valor dos fabricantes de latas de aço no Brasil para reciclagem de latas de aço pós-consumo.

O Retorna Machine funciona como um programa de fidelidade. Na medida em que o usuário deposita suas embalagens nas máquinas de venda reversa, adquire os “pontos triciclo”, que podem ser trocados por dedução em contas de luz da ENEL, crédito no Bilhete Único, no Cartão MTU ou Cartão BOM, créditos de celular pré-pago, créditos na PagBank ou transferência para o programa de fidelidade da livraria Saraiva (SaraivaPlus). Os pontos também podem ser doados para instituições filantrópicas. Cada embalagem de aço depositada nas Retorna Machines equivale a 10 pontos triciclo. Podem ser entregues latas de aço de tintas, alimentos e bebidas, entre outras.

A responsável pela gestão do projeto Retorna Machine é a Triciclo Soluções Sustentáveis. A parceria com a Prolata para o recebimento das embalagens de aço surgiu há dois anos. A parceria conta ainda com a siderúrgica Gerdau, responsável pela reciclagem do material de aço coletado, garantindo também a rastreabilidade. Além das latas de aço, as Retorna Machine recebem embalagens de alumínio, PET, vidro e Longa Vida.

Para participar do Retorna Machine, basta criar uma conta pelo site, pelo aplicativo Triciclo (basta baixa-lo na Google Play ou na Apple Store) ou em uma Retorna Machine, encontrar o local mais próximo, depositar a embalagem pós-consumo, atribuir os pontos triciclo pelo app ou site e trocá-los pelos benefícios.

“A destinação das embalagens de aço pós-consumo em pontos de entrega voluntária (PEVs) - caso das Retorna Machines - facilita a coleta e a destinação correta das latas, que são 100% recicláveis. Hoje o país recicla 47% do aço consumido. Com a Prolata queremos chegar a 60% em 15 anos”, destaca Thais Fagury, presidente da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) e diretora da Prolata.

  Mais notícias