Publicidade
Anuncie

BASF anuncia projetos sociais e ambientais selecionados pelo edital Conectar para Transformar na América do Sul

07/06/2021 - 09:06

A BASF selecionou mais 12 projetos de impacto social e ambiental que serão apoiados, ao longo de 2021, no Brasil, Chile e Argentina como parte de sua estratégia de engajamento social. Desde 2017, a empresa seleciona as iniciativas por meio do Edital BASF Conectar para Transformar, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de municípios onde estão instaladas suas unidades fabris.

O edital tem como eixos temáticos as áreas de educação científica; empregabilidade; ou educação ambiental e proteção dos recursos naturais e da biodiversidade. O edital faz parte da estratégia de engajamento social da BASF, que prevê ampliar o impacto positivo da empresa ao conectar a resolução de desafios sociais à estratégia de negócios.

"Chegamos ao quinto ano da iniciativa e já apoiamos 48 projetos de impacto social na Argentina, Brasil e Chile, contribuindo para transformar a vida de cerca de 65 mil pessoas. Neste ano, considerando o contexto da pandemia, vimos o aumento da inscrição de projetos voltados para empregabilidade e também com foco nas mulheres e entendemos que nossa conexão e parceria com as instituições é ainda mais importante", comenta Ivânia Palmeira, consultora de Sustentabilidade e Engajamento Social da BASF.

Os projetos apoiados pela empresa desde 2017 contribuíram especialmente para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) 4 (Educação de Qualidade),5 (Igualdade de Gênero) 6 (Água Potável e Saneamento), 7 (Energia Limpa e Acessível), 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico) e 12 (Consumo e Produção Responsáveis).

O edital contempla projetos implementados nos municípios de Guaratinguetá e São Bernardo do Campo (SP, Brasil), Quinta Normal, Concón e Quintero (Chile) e Malvinas Argentinas (Argentina), onde a BASF possui operações.

Em Guaratinguetá (SP), os projetos contemplados foram:

• Geração de Renda para Mulheres em Comunidades Periféricas, da Nobis Services, visa promover geração de renda por meio de 40 projetos de negócios liderados por 40 mulheres, entre 20 e 45 anos, residentes em comunidades periféricas, em situação de desemprego ou empreendedorismo informal por meio de qualificação interdisciplinar.

• Subindo Juntas: da Necessidade à Oportunidade, da instituição Jr. Eng, visa realizar capacitação e mentoria para 20 microempreendedoras. As participantes serão selecionadas em parceria com a ACEG (Associação Comercial e Empresarial de Guaratinguetá) e com o CMEG (Conselho da Mulher Empreendedora de Guaratinguetá). Cada turma receberá mentoria e assessoria, passando por temas como análise de personas, concorrentes e fornecedores, plano financeiro, plano de marketing digital, entre outros.

• Mobilização & Sustentabilidade - Programa Ecotransformadores - Etapa II - Fortalecimento Organizacional da Cooperativa de Catadores Amigos do Lixo e o Empoderamento de seus cooperados e cooperadas, da Ting Ambiental, tem como objetivo principal fortalecer a Cooperativa Amigos do Lixo de Guaratinguetá, por meio de ações focadas nas dimensões organizacional, operacional e comercial.

Entre os projetos contemplados em São Bernardo Campos (SP) estão:

• Worklab, da Ageeo, prepara jovens estudantes do ensino médio da rede pública para o ercado de trabalho, por meio da elaboração de seu projeto de vida, focado em seu plano de carreira e com o apoio de mentores voluntários. Inclui a realização de oficinas com temas como projeto de vida, mercado de trabalho, simulação de entrevista, elaboração de currículo, educação financeira, sustentabilidade e Agenda 2030 (ODS e ESG).

• Empoderar, do Instituto Geração Futura, consiste na realização de capacitações educacionais e profissionalizantes para 250 mulheres, incluindo questões como história da mulher na sociedade, saúde e direitos da mulher, empreendedorismo, fluxo de caixa, organização do ambiente e gestão dos processos de trabalho, além de formações teóricas e práticas de manicure, pedicure, estética, beleza, gastronomia, moda e defesa pessoal.

• Economia Criativa, Audiovisual e Empreendedorismo, da Ibirá Cultural, busca incentivar a geração de emprego e renda por meio do ensino sobre o audiovisual, modelos de gestão e empreendedorismo, com enfoque em economia criativa. A realização acontece em parceira com o Centro de Audiovisual de São Bernardo - CAV, da Secretaria de Juventude e Cultura, e prevê beneficiar diretamente 300 pessoas de baixa renda, entre 18 e 39 anos.

Na Argentina, os projetos selecionados foram:

• Conectar Investigando, da Desenho Circular, para a criação de uma unidade de apoio a 190 pesquisadores que terão como objeto de estudo os circuitos de resíduos e descartes do município das Malvinas Argentinas para compreender seu impacto na área e, assim, realizar uma análise de usos potenciais de reutilização, reciclagem ou uso de energia.

• Luminárias Solares: um Projeto para Ensinar e Iluminar, da Fundação Mãos Abertas, tem o intuito de capacitar 30 jovens em situação de vulnerabilidade na área das Malvinas Argentinas na construção de sistemas de energia solar para montagem de lâmpadas fotovoltaicas. O processo será realizado em conjunto com a Colectando Sol, entidade especializada em capacitação técnica e impacto ambiental.

• Escolas Inspiradoras para a Sustentabilidade, da Asociación Civil por la Responsabilidad Social Amartya, que consiste em um processo de planejamento, formação e certificação de Educação Ambiental para nove instituições de ensino nas Malvinas Argentinas.

Os projetos selecionados no Chile foram:

• Com a Força de uma Mulher BASF, da ONG Innovacien, envolve a formação tecnológica para encorajar o empreendedorismo e as redes de mulheres maiores de 18 anos na comuna da Quinta Normal para ensinar como fortalecer modelos de negócios, gestão de redes sociais e criação de um website.

• Digitalize seu Negócio com a BASF, da 3C Consulting, prevé a formação para fortalecer as competências em digitalização das mulheres que estão iniciando no empreendimento.

Energia Solar para Reciclar, da Reciclador, visa a aquisição de sistema de painel fotovoltaico para abastecer 40% do sistema de laminação de plásticos. Este sistema fornecerá energia para três triciclos elétricos.

A estratégia de engajamento social da BASF está baseada em dois pilares: valor compartilhado, para contribuir com iniciativas com impacto em escala que contribuam para a solução dos desafios sociais e ambientais e, ao mesmo tempo, para a realização de negócios rentáveis; e cidadania corporativa, a fim de participar do desenvolvimento sustentável das comunidades em que a BASF está presente.

  Mais notícias