Livre-se do mofo

27/07/2018 - 13:07

Procedimentos simples podem acabar definitivamente com o problema

Uma das patologias mais comuns em casas e apartamentos é o mofo. Na parede da sala, no banheiro, na cozinha, nos quartos, é mais frequente encontrar uma parede com manchas escuras que acabam com qualquer decoração. E como resolver? Pintar a parede de novo? Colocar um quadro ou uma estante na frente para disfarçar?  Primeiro é preciso entender o problema. Mofo ou bolor são causados pela ação de fungos. As manchas ou pontos negros, cinzentos ou marrons precisam ser removidos corretamente, caso contrário continuarão a crescer sob o novo revestimento, comprometendo a qualidade da pintura e do acabamento. O mofo prolifera em ambientes quentes, úmidos e com pouca luminosidade. Despensas, banheiros e quartos sem ventilação estão entre os locais favoritos. Onde há umidade em excesso pode haver mofo. E essa umidade pode vir de um encanamento furado, de banhos quentes - onde ocorre um excesso de vapor com pouca ventilação - e em regiões onde tenha muita umidade do ar.

Geralmente, as manchas aparecem nas paredes e teto, mas é importante observar que a porta de entrada da água na casa está nos alicerces e lajes de cobertura, por isso, estas áreas devem ser impermeabilizadas sempre. E é aqui que aparece a primeira dica: prevenir é a melhor solução. Uma impermeabilização eficiente protege a casa de toda a umidade e o ideal é que seja feita antes do acabamento.

Mas e se o problema já existe, como solucionar? Para recuperar uma parede mofada o primeiro passo é realizar a limpeza e a desinfestação do local. Após a secagem deve-se utilizar produtos de impermeabilização específicos para combater e proteger a parede contra a umidade. Nesta etapa a Vedacit indica o Vedatop Rodapé, que pode ser aplicado diretamente sobre tijolos, concreto e rebocos com acabamento (não é necessário remover o revestimento da parede até chegar na alvenaria). Outra vantagem é a espessura, encorpada como uma argamassa, que tem alta aderência facilitando a aplicação, além de já vir na cor branca, assim se a parede já for desta cor não é necessário pintar. É importante lembrar que a umidade pode estar vindo de fora. Neste caso, é fundamental impermeabilizar as paredes externas e a laje para evitar que a água entre em sua casa. Se a umidade e o bolor estiverem em um processo muito severo, comprometendo a resistência da argamassa, com esfarelamento ou desplacamento da parede, o problema pode ser mais grave. Neste caso, o ideal é contar com a ajuda de um especialista para avaliar a situação e indicar o procedimento mais adequado.

  Mais notícias

Coral Sayerlack Anuncie aqui