Publicidade
Tronox

IEC+ une-se à IM GROUP

08/11/2021 - 13:11

A IM GROUP anunciou que a IEC+, especialista em engenharia mecânica, reconhecida por seus projetos e fabricações de equipamentos de dispersão, moagem e mistura, bem como estudos completos de engenharia e soluções turnkey, uniu-se ao grupo.

O anúncio tão esperado - filmado na sede da IEC+ em Traversetolo em Parma, Itália, bem como na Inkmaker em Xangai, China e na sede da IEC Plant Engineering em Kuala Lumpur, Malásia - foi transmitido no Youtube recentemente, marcando o trimestre de fechamento de 2021. Este importante capítulo na evolução da IM GROUP, completa um ciclo de eventos e atividades para o grupo (anteriormente Inkmaker Group), tornando-o o seu ano mais marcante até a presente data.

A decisão de anunciar a adesão da IEC+, seis meses após o lançamento da IM GROUP, foi uma estratégia dividida em duas etapas. Como Christophe Rizzo, CEO da EMEA/Américas, IM GROUP, explicou, “a fase inicial foi lançar as bases da IM GROUP estruturando nossas marcas para focar em suas especialidades individuais, mas para que elas se unissem para oferecer soluções totais de engenharia de processo, em um único grupo, quando necessário. A segunda fase foi evoluir para um estágio ‘Avançado’. Hoje, estamos dando um impulso significativo ao nosso portfólio com a adição de uma empresa que atuará como um catalisador central para unir e liderar cada uma de nossas outras marcas em: Soluções de engenharia 'avançadas'”.

IEC+, uma marca respeitada na indústria de engenharia mecânica, é parceira da IM GROUP há vários anos. Ao oferecer equipamentos de dispersão, moagem e mistura, a IEC+ efetivamente traz o complemento final à IM GROUP, elevando o grupo a um novo patamar.

Em antecipação à divulgação dessa notícia para todo o mercado, Roberto Guerra, CEO da Ásia-Pacífico, IM GROUP afirmou, “estamos prontos - com nossas fábricas equipadas com a indústria 4.0 - para oferecer aos nossos clientes esta próxima fase. Além de expandir nossas instalações, temos estado ocupados, pavimentando o caminho, fortalecendo nosso vínculo com a IEC Plant Engineering, com sede na Malásia, uma especialista no setor desde 1992. Eles têm uma extensa rede de vendas e serviços em todo o Sudeste Asiático; especialmente na Malásia, Índia e Vietnã. Além disso, seu CEO, PM Ravi, um dos acionistas da IEC+, tem aprimorado um excelente relacionamento intermarcas conosco - o que é um bônus”.

Numa perspectiva de RH, Valentina Cigna, diretora global de RH e presidente da IM GROUP explicou que agora que a IEC+ se juntou à IM GROUP, muitos recursos serão compartilhados por todas as marcas do grupo, reduzindo assim o desperdício, e que a IM GROUP estará consolidando suas forças para incluir a IEC+ em seu plano geral de economia circular. Planos também estão sendo feitos para criar empregos adicionais para a região de Parma, Itália. “Planejamos aumentar a força de trabalho da IEC+ em cerca de 15% a 20% nos próximos cinco anos e investir em iniciativas de capital humano, como treinamento avançado de IoT, para melhorar a experiência e as habilidades da indústria 4.0”, explicou Valentina.

Lau Kar Seng, gerente geral da Inkmaker Shanghai e membro do conselho diretivo, explicou que também na China, desde o lançamento da IM GROUP em abril, os preparativos estavam sendo finalizados em duas áreas principais. Em primeiro lugar, expandindo para instalações maiores para se alinhar com as especificações da IEC+; para fabricar e personalizar equipamentos pesados de grande porte para dispersão, moagem e mistura e, em segundo lugar, para formar uma empresa de joint-venture, com a Zhuhai Longtec Corp. Ltd., chamada de "Inkmaker Intelligent Systems", em antecipação à oferta de serviços, experiência e maquinário da IEC+. “Longtec é uma grande corporação, listada na Shenzhen New Third Board, e aumentará significativamente nosso alcance de mercado em toda a China. A adição de IEC+ é um bônus que muitos concorrentes não conseguirão igualar na China, especialmente com a IEC Plant Engineering (na Ásia) como nossos parceiros.”

A entrada da IEC+ no grupo apresenta uma oportunidade única para a evolução tanto do grupo, como também da IEC+, “A IEC+ é uma empresa extraordinária com um know-how técnico adquirido em mais de 20 anos de experiência da sua equipe. Ela pode oferecer ‘engenharia avançada’, com isso queremos dizer que os serviços de design, projeto e gerenciamento são estendidos a todos os processos de produção, gerenciamento de site e interface de software. Isso vai desde os estudos preliminares de engenharia até a implementação e entrega completa do projeto - como tal, usaremos as especializações de todas as nossas marcas”, explicou Gianluca Incerti, diretor comercial global da IM GROUP. “Cada marca continuará a ser diferenciada por meio de sua experiência, e a competir em seus setores de mercado individuais, e quando necessário, eles se reunirão em grandes projetos para a IM GROUP”, conclui Incerti.

Acionista da IEC+ e parceiro de longa data da Inkmaker, PM Ravi, CEO da IEC Plant Engineering, disse: “Estou particularmente feliz com este resultado. É uma colaboração ideal para todos; IM GROUP, IEC+ e IEC Plant Engineering também.” Com mais de 30 anos de experiência na região, a fortaleza da IEC Plant Engineering no sudeste da Ásia possui uma extensa rede de filiais, fábricas e instalações de serviço pós-venda apoiadas por uma força de trabalho de engenheiros qualificados.

Membro fundador da IEC+, Fabrizio Musi, que continuará com a marca como gerente de operações, disse que foi um prazer vê-la ingressar na IM GROUP. “Este é um momento significativo em um plano estratégico global, estou confiante que, através da liderança da IM GROUP e ao se juntar à família de marcas IM GROUP, a IEC+ garantiu a continuidade de seus negócios e está pronta para tornar o grupo mais forte e aumentar sua posição no mercado. Antonio Riggio é um gestor comprovado, com um excelente histórico e eu o recebo calorosamente em sua nova função na IEC+.”

Antonio Riggio, gerente de operações da Tecnopails, que também foi nomeado gerente geral da IEC+, disse: “Quero agradecer ao Fabrizio. Ele fez um ótimo trabalho, liderando sua equipe, na construção da IEC+ que conhecemos hoje.” Ele destacou que a estratégia para IEC+, para o futuro imediato, será baseada em três pilares: reforço na capacidade de engenharia de sistema; aumento da capacidade de produção e melhora nos serviços. Ele concluiu que a IEC+ pretende dobrar o tamanho de suas instalações até o final do ano.

  Mais notícias